segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Mais de 500 jovens da terceira idade participam de confraternização natalina em Apodi





APODI – O enceramento das atividades do ano de 2010 do Núcleo do Idoso de Apodi foi marcado pela realização de uma tarde de convívio e um jantar natalino, oferecido para 500 jovens da terceira idade no salão do Centro Social do Idoso da cidade.

Organizada pela Prefeitura do Apodi via Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Núcleo e Apoio ao Idoso, a festa foi considerada um sucesso e proporcionou aos jovens da terceira idade momentos de alegria e divertimento.

A festa foi prestigiada pela prefeita de Apodi, professora, Goreti Silveira Pinto, vereador Nilson Fernandes, secretario de administração e Recursos Humanos, Junior Souza, Assistência e Desenvolvimento Social, Antônio Laete Oliveira, Mulher e Igualdade Racial, Itamara Sena, Obras, Moesio Fernandes, Gabinete Civil, Klinger Péricles Pinto Diniz, e varias outras autoridades do município.

O coordenador do Núcleo do Idoso de Apodi, Edvar Mendes, ficou emocionado com o sucesso do evento que envolveu idosos de todo o território apodiense.
Durante a programação os idosos participaram do tradicional forro e ainda receberam brindes e cestas básicas, oferecidos pela Prefeitura do Apodi.

A prefeita, Goreti Silveira Pinto, destacou a importância do Programa de Apoio ao Idoso que vem garantindo varias ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida dos idosos. “È muito bom participar de uma festa como essa, foram vocês que com o suor e trabalho dedicaram sua vida à comunidade apodiense, a formação dos filhos e a preservarem os valores e tradições da nossa terra. Nossa administração se sente muito orgulhosa em ter 500 jovens da terceira idade como parceiros”, finalizou a prefeita desejando Feliz natal e um 2011 de muita paz e saúde a todos.

ASCOM- Apodi

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Moradores da Chapada do Apodi serão atendidos pelo Programa “Promovendo Cidadania”,


APODI – Os moradores do Distrito Rural de Soledade na Chapada do Apodi vão participar neste sábado de um dia de “Ação e Cidadania”, promovido pela Prefeitura do Apodi através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e o Centro de Referência da Assistência Social Rural de Soledade–CRAS. A Ação será realizada na E. M Francisco Targino da Costa.

Dentre as varias ações que serão executadas estão os Serviços de Atendimento do Bolsa Família, Peti, Projovem, Creas e Idoso e outros direcionados para moradores de outras comunidades rurais que ficam localidades em torno do Distrito de Soledade.

Serão oferecidos serviços de estética e embelezamento pelos profissionais formados pelos cursos realizados pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social nos anos de 2009/10.

Segundo o coordenador do Cras Rural de Soledade, Marcilio Reginaldo, os serviços desenvolvidos nos CRAS têm por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

“Ação terá também atendimentos com a expedição da Cédula de Identidade para os integrantes do Programa Bolsa Família; Carteira do Idoso; Carteira do usuário do CRAS; inscrição do Projovem 2011 e inscrições do Curso de Informática. Alem de Palestras sobre todos os Programas Sociais do Município”, comentou Marcílio Reginaldo.

Durante a ação “Promovendo Cidadania”, A prefeita de Apodi, professora, Goreti Silveira Pinto, estará inaugurando e oficializando o CRAS Rural do Distrito de Soledade que passará a atender e referenciar 3.500 famílias da Região da Chapada do Apodi e Inaugurando e Centro de Inclusão Digital na Sede CRAS, que esta localizado na Rua da Cajarana, 218 no centro da comunidade. Como também participando das festividades natalinas realizadas pelos grupos de convivência do CRAS. Os grupos são: mulheres dona da própria vida e Mulheres da 3ª idade, Gestante Feliz e o grupo de jovens e adolescentes. Que estarão apresentando o Alto do Natal e Canções natalinas.

O projeto “Promovendo Cidadania”, conta com o apoio de vários parceiros como o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), com distribuição de mudas de Plantas nativas e frutíferas; Secretaria da Saúde com Exames de Prevenção, glicose capilar; Higiene Bucal; Secretaria de Educação; Secretaria da Mulher e da Igualdade Racial, Comissão Municipal do Selo UNICEF e vários outros parceiros.


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
(84) 9622:1119

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Bolsa Família: prefeituras devem ficar atentas a prazos de informação sobre saúde e educação de beneficiários


As prefeituras brasileiras devem ficar atentas para dois importantes prazos de registros de informações sobre os beneficiários do Programa Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O prazo para informar a frequência escolar de crianças e adolescentes do programa é 20 de dezembro. Já a data para registrar o monitoramento da agenda de saúde dos beneficiários termina no dia 31 de dezembro.

O acompanhamento das ações de saúde das famílias e o registro da frequência escolar de alunos beneficiados pelo Bolsa Família são tarefas dos municípios. Manter em dia a vacinação das crianças e o pré-natal das mulheres e garantir que as crianças e adolescentes frequentem a escola são os compromissos a serem cumpridos pelas famílias que recebem a transferência de renda do programa. Cabe aos municípios assegurar a oferta desses serviços e realizar o acompanhamento e o registro nos sistemas dos ministérios da Educação e da Saúde, parceiros na gestão das contrapartidas.

Relatório parcial aponta que 51% das famílias que se enquadram no perfil de saúde tiveram as informações registradas até o início de dezembro. Do total de 12,6 milhões de famílias beneficiárias do programa, 10,7 milhões estão no perfil de saúde, que inclui mulheres entre 14 e 44 anos e crianças menores de 7 anos. No primeiro semestre deste ano, o acompanhamento em saúde bateu recorde: 67% das famílias que se enquadravam no perfil de saúde na época foram acompanhadas. O acompanhamento da saúde é registrado semestralmente.

O processamento das informações sobre educação mostra que, até agora, em todo o País, o percentual de alunos na faixa etária de 6 a 15 anos cuja frequência escolar foi acompanhada chega a 55%. Já para os jovens entre 16 e 17 anos, esse monitoramento alcança 42%. O programa exige que a assiduidade escolar seja de no mínimo 85% para alunos dos 6 aos 15 anos e de 75% para os de 16 e 17 anos. A baixa frequência ou a ausência na escola podem levar ao bloqueio e até ao cancelamento do benefício.

Responsabilidade e direito - Todas as famílias precisam vacinar os filhos de até 7 anos e fazer acompanhamento do crescimento infantil e vigilância nutricional das crianças (peso e altura) e do pré-natal para as mulheres (em idade fértil, de 14 a 44 anos), além de assegurar a permanência de crianças e jovens na escola. Cumprindo essas condições, compromissos com o programa, a família assegura o recebimento do Bolsa Família e garante seus direitos. Fazer o controle dessas ações e garantir o acesso da população aos serviços é tarefa dos municípios. Para esse trabalho, as prefeituras recebem incentivos financeiros do Índice de Gestão Descentralizada (IGD), criado e repassado pelo MDS para apoiar a gestão do Programa Bolsa Família.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Prefeitura do Apodi oferece cursos profissionalizantes a beneficiários do Bolsa Família



Visando à qualificação profissional dos cadastrados no Programa Social Bolsa Família, a Prefeitura do Apodi através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, realizara nesse mês de dezembro quatro cursos profissionalizantes que atendera a 100 jovens do município.

Os cursos ofertados são de Manutenção de Motores a Diesel, Injeção Eletrônica, Eletricidade de Automóveis e Gerencia de Comercio. As inscrições serão realizadas após o processo licitatório que acontecera na próxima semana. Os cursos são totalmente grátis.

De acordo com a prefeita da cidade, professora, Goreti Silveira Pinto (PMDB) os cursos visam preparar a mão-de-obra apodiense para as diversas vagas hoje existentes no mercado. “Nossa administração tem trabalhado para qualificar os jovens para o disputado mercado de trabalho, depois de capacitado fica mais fácil de conquista um espaço no mercado de trabalho”, garante a prefeita.

A Prefeitura do Apodi através do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial-SENAI, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio grande do Norte (SEBRAE), Mova Brasil e outras instituições, já conseguiu capacitar mais de 600 pessoas, muitos já conquistou seu espaço no disputado mercado de trabalho.

Conforme a Assessoria de Comunicação Social da municipalidade, os interessados em participar dos cursos profissionalizantes devem procurar a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS pelos telefones (84) 3333:3561 ou 9622:1011 no horário de expediente.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

(84) 91915771

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Filhos de policiais militares alagoanos estão inscritos no Bolsa Família – ALAGOAS - AL


O comando da Polícia Militar de Alagoas divulgou, nesta terça-feira (29), a notícia de que praças e oficiais da corporação estariam envolvidos em um esquema de fraude ao programa Bolsa família. De acordo com uma nota oficial emitida pelo órgão, pelo menos 34 militares do estado são beneficiados atualmente pelo programa de distribuição de renda do governo federal, que deveria atender apenas famílias com baixo poder aquisitivo.

O programa Bolsa Família é destinado a famílias com renda per capita de até RS 140 por mês --os policiais com as patentes inclusas na lista dos beneficiários recebem salários entre R$ 1.600 e R$ 4.500. Segundo a PM/AL, são beneficiados ilegalmente com o Bolsa Família um capitão, um tenente, um subtenente, sete sargentos, sete cabos e 16 soldados. Os nomes dos militares e valores pagos irregularmente não foram divulgados.

O esquema foi descoberto pela direção do Colégio Tiradentes, da PM/AL, que tem como público alvo os filhos de militares. Ao enviar a relação de frequência dos alunos, solicitada para atualização do cadastro do programa, a diretora percebeu a inclusão de nomes de filhos de policiais. Para receber o benefício, é preciso que os estudantes possuam pelo menos 85% de frequência na sala de aula, comprovada em documento da escola.

Após receber a informação, o comandante da PM/AL, coronel Dário César, determinou a abertura de procedimento administrativo para investigação do caso e para saber se outros militares, sem filhos matriculados no colégio Tiradentes, também recebem ilegalmente o benefício. Ele também informou que encaminhou a lista com os nomes ao MPF (Ministério Publico Federal) em Alagoas, para a Secretaria de Estado da Educação e para a gestão do programa, solicitando a exclusão dos nomes irregulares.

Segundo a PM/AL, os militares inclusos irregularmente podem ser penalizados com uma simples advertência até mesmo a prisão ou expulsão dos quadros da corporação. Direções anteriores do Colégio Tiradentes também serão investigadas e podem ser punidas por omissão ou participação no esquema.

Gestora do Bolsa Família em Maceió, a Secretaria Municipal de Assistência Social informou que está avaliando caso a caso a denúncia feita pela PM/AL. Segundo a Secretaria, o Cadastro Único (CadÚnico) dos programas sociais é feito de acordo com as informações repassadas pela pessoa. “O declarante assina um documento se responsabilizando pelos dados fornecidos. As informações são enviadas ao Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), que é quem concede o benefício”, informou em nota Taciana Veloso, coordenadora do programa, que informou ainda que a auditoria do programa é feita pelo Tribunal de Contas da União.

Já o MPF, que também recebeu a lista de beneficiários, informou que não iria se pronunciar sobre o caso até que o suposto esquema seja investigado.

Bolsa Família: 414 benefícios são cancelados no RN


O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) cancelou 414 benefícios do Programa Bolsa Família no Rio Grande do Norte. A interrupção afetou as famílias que não comprovaram frequência escolar dos filhos (de 85% para os menores de 15 anos e de 75% para os maiores de 15 e menores de 18). Desse total, 106 benefícios eram destinados a alunos de até 15 anos e 308 benefícios eram destinados a alunos de 16 e 17 anos. O número de pagamentos destinados a estudantes de até 15 anos no RN e bloqueados em janeiro superou esse total, chegando a 1.923. Em todo o Brasil, foram cancelados 23,5 mil benefícios e bloqueados 100 mil pagamentos do programa Bolsa Família.

O MDS também suspendeu pagamentos de mais de 94 mil benefícios por um prazo de 60 dias. No RN, o número de alunos de até 15 anos que tiveram o pagamento suspenso pela primeira vez é de 783 e pela segunda vez é de 321. Já o número de jovens de 16 e 17 anos que tiveram o benefício suspenso é de 654.Segundo o ministério, o cancelamento do benefício é a última sanção imposta pelo programa e ocorre quando é detectada a baixa frequência escolar. No caso dos menores de 15 anos, as famílias recebem uma advertência; se não houver alteração nos baixos números, o benefício é bloqueado e se a situação persistir, o repasse é suspenso por 60 dias pela primeira vez. Se o quadro não for alterado, o pagamento é suspenso pela segunda vez. Se houver cinco descumprimentos consecutivos, o benefício é definitivamente cancelado.

O processo de acompanhamento dos adolescentes de 16 e 17 anos é mais rápido. Basta três descumprimentos para o cancelamento do benefício. Na primeira vez que é detectada presença inferior a 75% das aulas, a família recebe uma advertência. Na segunda, o benefício é suspenso e na terceira, é cancelado. "Na educação há apenas uma exigência, que é comprovar a frequência escolar das crianças e adolescentes. Na saúde, são quatro exigências: cartão de vacinas das crianças em dia, pré-natal das gestantes em dia, participação das mães que estão amamentando em reniões sobre aleitamento materno e acompanhamento nutricional de crianças e adolescentes", resume a coordenadora do Programa Bolsa Família no RN, Rosângela Medeiros.

De acordo com Rosângela, o Bolsa Família tem alcançado bons resultados no Rio Grande do Norte. Um deles é a redução do número de internações hospitalares de crianças, da desnutrição e da mortalidade infantil. "As pessoas fazem reclamações pontuais do Programa do Governo Federal. Mas não enxergam além. Não podemos mudar os adultos nem controlar o destino do dinheiro. A questão é que para receber o benefício, a família precisa comprovar que a criança ou o adolescente está frequentando a escola e tendo acesso à saúde pública. Estamos pensando na segunda geração".

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

CRAS Realiza Palestra na Comunidade Escolar

Na tarde de quinta feira 18 de novembro, por volta das 13h, teve início mais uma etapa do ciclo de palestra desenvolvido pelo Centro de Referencia da Assistencia Social (CRAS) Apodi. A palestra foi realizada na Escola Estadual Sebastião Gomes de Oliveira na comunidade de melancias Apodi. A palestra foi destinada aos alunos do 7º ao 9º ano, cada temática desenvolvida de acordo com a faixa etária dos alunos.

A palestra teve como título Sexualidade na Adolescência Conhecer Para Educar”. O evento é de fundamental importância, pois os temas abordados são constantes nas salas de aula. “Nós devemos trazer as escolas mais eventos como esse, porque é muito importante para os nossos adolescentes; afirmou o coordenador da escola Raimundo Torres. A palestra foi apresentada de forma dinâmica, os assuntos exploraram desde as relações pessoais do adolescente até os motivos da gravidez precoce. A palestra foi ministrada por Fabricia Karem (Assistente Social),Suely Veríssimo (psicopedagoga) Ismael Simão coordenador do CRAS.

Para a psicopedagoga Suely Veríssimo, que estava atenta ao evento, a desinformação dos alunos com relação á sexualidade é um dos principais problemas enfrentados em salas de aula. “Os professores tem dúvidas sobre como tratar desses temas, por isso, a palestra se torna tão importante. O evento marcou o início de mais um ciclo de palestras que o Centro de Referencia da Assistencia Social (CRAS) realiza durante todo ano nas escola e comunidade. O CRAS é um programa do Governo Federal em parceria com a Prefeitura Municipal de Apodi; gerenciado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistencia Social.



quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Apodi realizará o 1º FORUM COMUNITARIO DO SELO UNICEF-MUNICIPIO APROVADO


DIA 29 DE SETEMBRO DE 2010
LOCAL: CENTRO DO IDOSO. RUA ANTONIO LOPES FILHO. S/N
HORARIO: 8:00HS.
ENCERRAMENTO: 17:00HS

O que é o Forum Comunitario do selo Unicef Faz?

1 mobiliza e capacita pessoas para incentivar e qualificar sua participação na criação e no fortalecimento das políticas públicas para meninas e meninos de até 17 anos;2 monitora e avalia o desempenho dos municípios, com base em um conjunto de dados (indicadores sociais);3 certifica e reconhece os esforços de municípios que conquistam os maiores avanços na melhoria de vida de crianças e adolescentes.

O que são os Forum Comunitarios de Selo?
A realização dos Fóruns Comunitários está prevista no Guia Metodológico do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012, dentro do Eixo de Participação Social. Os fóruns são momentos em que a comunidade:

1 analisa as condições de vida de suas crianças e adolescentes;
2 sugere ações que garantam os direitos da infância eda adolescência;
3 monitora e avalia o impacto de projetos, programas epolíticas públicas voltadas para meninas e meninos deaté 17 anos.

É o espaço para o diálogo serve para incentivar e qualificar a participação social e para fortalecer o compromisso de diversos atores com a garantia dos direitos de crianças e adolescentes — gestores públicos, técnicos, organizações da sociedade, comunicadores, empresários, adolescentes, jovens, famílias e comunidades.O 1 Fórum Comunitário do Selo UNICEF Município Aprovado Edição2009-2012 deverá ser realizado até 30 de setembro de 2010.
Ele proporcionará o debate sobre a situação de crianças e adolescentes do município, apurada antes pelo CMDCA e a Comissão Municipal Pró-Selo, com a participação de adolescentes.Com base nessa análise, serão apresentadas linhas gerais e propostas para se fazer o Plano Municipal de Ação. O objetivo do plano é assegurar os direitos da infância e da adolescência no município.O 2 Fórum Comunitário, previsto para ocorrer no primeiro semestre de 2012, avaliará a caminhada do município rumo aos objetivos do Selo UNICEF e à concretização dos temas do Eixo de Participação Social.

Como se realiza. Quem participa do Forum Comunitario do Selo?

Essa etapa exige:definição do local onde ocorrerá o evento, organização dos equipamentos necessários e de materiais para as dinâmicas; ampla divulgação do fórum e convite à comunidade, para que ela participe;escolha do facilitador e dos participantes dos Grupos de Trabalho.O CMDCA, o articulador municipal e a Comissão Municipal Pró-Selo precisam planejar todas as atividades necessárias para a realização do encontro, como se sugere a seguir.Promover a mobilização - convidar organizações do setor público e da sociedade, especialmente aquelas dedicadas à defesa dos direitos de crianças e adolescentes, como a Câmara de Vereadores, o Conselho Tutelar e os órgãos de justiça e de segurança.
O fórum pode reunir representantes de secretarias municipais e conselhos setoriais (exemplos: Educação, Saúde e Assistência Social), escolas, sindicatos, associações comunitáriagovernamentais, meios de comunicação, clubes de serviços, grupos religiosos, de adolescentes e de jovens.Escolher o facilitador - ele será o mestre de cerimônias, que, com clareza, guiará os participantes nas etapas do trabalho. Essa função poderá ser exercida pelo articulador municipal, pelo presidente ou outro membro do CMDCA ou da Comissão Municipal Pró-Selo.

É fundamental ter capacidade de improvisar, escutar e dar a palavra aos participantes, conhecer a metodologia do Selo UNICEF Município Aprovado e a do 1 Fórum Comunitário, descrita no manual. O facilitador precisará resumir textos e ser claro na comunicação para colocar num documento escrito os resultados dos trabalhos em grupo e dos debates em plenária.Ele guardará a memória do 1 Fórum e participará da elaboração do Plano Municipal de Ação. Em algumas atividades do fórum, ele precisará do apoio de assistentes voluntários escolhidos na hora ou definidos antes do evento.Pensar na equipe de apoio operacional - os técnicos de som, imagem, profissionais de limpeza, alimentação etc. são importantes para garantir a qualidade sonora, a gravação, a organização e os lanches.

Preparar o material impresso - fazer e distribuir os convites, escrever o informativo para os meios de comunicação e aprontar os crachás. Eles indicarão quem participará das discussões sobre Objetivos de Impacto e em qual grupo.Optar por um espaço - estimar o número de participantes para que todos caibam no local confortavelmente (pode ser um clube ou associação, onde se tenha auditório e mais de uma sala para trabalhos).

Selecionar os participantes da discussão dos Objetivos de Impacto Social do Selo - para montar os nove grupos que trabalharão os Objetivos de Impacto é fundamental convidar pessoas e/ou entidades com atividade local reconhecida nas áreas de promoção, garantia e defesa dos direitos da infância e da adolescência, além de jovens lideranças locais.Recomenda-se chamar, por exemplo, um professor de escola pública atuante na comunidade ou um médico da Estratégia Saúde da Família , organizações não governamentais.

Marcilio Reginaldo.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

CRAS realiza II “Encontro Pais e filhos” com mães crianças e jovens.


O Centro de Referência da Assistência Social – CRAS ou Casa das Famílias, como é popularmente conhecido, realiza a cada mês encontro de grupos de convivência formados por integrantes de diversas famílias cujos filhos participam de atividades recreativas e pedagógicas no CRAS.

Nesta terça 21/09 foi realizado o “II encontro pais e filhos” com a participação do Grupo de Mães que acompanham o desenvolvimento dos filhos que estão envolvidos nas atividades do CRAS, acompanhadas pela Assistente Social Fabricia Karen e a Psicopedagoga Suely Veríssimo.

Durante toda a tarde foi realizada uma oficina pedagógica de brinquedos com os participantes, no primeiro momento foi feito uma breve reflexão sobre a importância e a valorização da família alem do respeito mutuo entre pais e filhos,no segundo momento todos se envolveram em uma oficina de brinquedos com garrafas PET, no terceiro momento mães e filhos se envolveram nas brincadeiras com os brinquedos confeccionados.

O grupo que envolve crianças e pré-adolescentes já existe há dois anos e todos os trabalhos realizados acontecem paralelos a assistência dada às mães de cada participante. No encontro o acolhimento das mães e crianças foi feito pela Assistente Social Fabricia Karen e a Psicopedagoga Suely Veríssimo juntamente com o coordenador do CRAS Pedagogo Ismael Simão. O principal objetivo do encontro foi facilitar a interação entre pais e filhos alem de desenvolver as habilidades motoras dos participantes; trabalhar a importância da reciclagem de matérias de fácil acesso doméstico através de uma forma criativa e lúdica.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

A mobilização do município de Apodi para aumentar a efetividade da Revisão Cadastral e evitar que as famílias tenham o benefício bloqueado em novembro

Visita ao Sítio Poço de Tilon
Visita ao Assentamento Frei Damião

Visita ao Sítio do Góis

Visita ao Sítio São Lourecinho

visita ao Sítio Pindoba

APODI - O Coordenador do Bolsa Família e sua equipe estão se mobilizando na revisão cadastral dos benefícios do bolsa família, é uma ação que visa atualizar o cadastro de famílias que estão desatualizados há mais de dois anos.
Por isso, a equipe visitou as residências na zona rural e urbana do nosso município das famílias que estão com os cadastros desatualizados, e alertou a necessidade de atualizar o mesmo. O fato de ainda haver um intensificação das ações de atualização cadastral no município nos dois meses que faltam até 31 de Outubro, de forma a evitar que estas famílias tenham o benficio bloqueado em novembro.
As famílias que receberam o Ofício Circular nº 001/2010 procurar a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, no setor do Bolsa Família até 31 de Outubro, e o não compareecimento para prestar as informações necessárias o beneficio será bloqueado na Folha de Pagamento de novembro e em janeiro de 2011 o beneficio será cancelado.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Programa Cras Leva Cultura da Capoeira as Escolas.


Apodi - Integração cultural é o que vem ocorrendo no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Lagoa Seca, mantido pela Prefeitura Municipal de Apodi, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social. A equipe do CRAS promoveu na tarde desta quinta-feira dia 02/09, na Escola Estadual Sebastião Gomes de Oliveira na comunidade do distrito de melancias, mais uma etapa do Programa Cras nas escolas, onde são levados para a comunidade escolar Palestras e informações, alem de diversidade cultural.
Cerca de 80 alunos assistirão uma apresentação cultural do grupo da associação de capoeira Apodi, que tem parceria e apoio do (Cras) Lagoa Seca. Com temática voltada para o diversidade cultural; a intenção da apresentação é fazer a integração, a ressocialização do jovem e não o segregamento. A idéia de integrar a cultura popular presente no nosso dia-a-dia.
A capoeira tem como objetivo, Difundir a técnica e a cultura no nosso município; Promover a capoeira como uma forma de integração social e familiar; Proporcionar o desenvolvimento lúdico físico e social através da pratica esportiva, Promover a cidadania e o esporte como um recurso social de convivência e saúde. Estabelecer conceitos éticos e morais, agrupando crianças jovens e adultas numa atividade que supra o ócio, oferecendo um lazer para a pratica corporal e estimulando a comunhão a convivência e a cidadania nas comunidades da área de abrangência do Cras – Centro de Referencia da Assistência Social.

Ainda há vagas disponíveis para os jovens que desejarem participar do grupo de capoeira CRAS; as inscrições podem ser feitas no (Cras) Apodi na rua Luiz Jacinto 289 Bairro Lagoa Seca. Podem participar jovens com idade entre 12 a 16 anos e beneficiários do Programa Bolsa Família. O CRAS faz parte da Política Nacional de Assistência Social e tem como objetivo complementar a proteção social às famílias, criando meios de garantir a convivência familiar e comunitária e condições de inserções e permanência dos jovens no convívio familiar.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

CRAS, SEMDAS E PMA Capacitam integrantes do Bolsa Família com curso profissionalizante


APODI – integrantes do Programa Bolsa Família foram capacitados através do curso de manicura e pedicure, oferecidos à população apodiense pelo Centro de Referencia da Assistência Social - CRAS, via Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social. O curso foi realizado através da parceria Prefeitura de Apodi e SENAC - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial. A solenidade de enceramento do curso aconteceu nesta terça dia 17/08 as 9:00 horas da manhã, no centro de inclusão produtiva do trabalhador da prefeitura municipal de Apodi, e contou com a presença dos concluintes do curso acompanhados dos seus familiares.

A solenidade ainda contou com a presença da prefeita Goreti Silveira, da secretaria de Educação professora, Raimunda Freire, Secretário da Assistência e Desenvolvimento Social, Antonio Laete Oliveira, coordenadores do CRAS de Soledade, Marcilio Reginaldo, Cras de Apodi, Ismael Simão, Edvar Mendes do Centro do Idoso, dentre varias outras autoridades do município. O representando do SENAC Secção de Mossoró, a professora do curso Macia Lopes

O Secretário da Assistência e Desenvolvimento Social, Antonio Laete Oliveira, falou da importância das parcerias que possibilitaram a capacitação de alunos para o referido curso. “Estamos felizes hoje ao concluir mais uma etapa importante da gestão da prefeita Goreti”. Com essa importante capacitação estaremos gerando renda para essas familias carentes do município; é importante lembrar que essas parcerias têm acontecido devido ao apoio que temos recebido da prefeita Goreti e de parceiros como o SESI, SENAC E SENAI, que têm disponibilizados seus técnicos para que possamos capacitar pessoas.

A prefeita goreti falou que não tem medido esforços para atender os pleitos da secretaria de promoção social, pois sabe da importância que tem para o município de Apodi a política de Assistencia Social. “esse é o melhor caminho destacou a prefeita goreti”. Os novos profissionais receberão em breve da Prefeitura Municipal de Apodi um kit com todas as ferramentas necessárias para desenvolver sua atividades profissionais.

Ascom - Apodi

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

É MUITO BONITO!!!




É bonito ver sonhos de pessoas sendo realizados, é bonito ver o poder público investindo com seriedade, transparéncia e respeito para com os cidadãos, É bonito
ver as pessoas tendo oportunidade de lutar por seus sonhos pelas suas próprias forças, sem as amarras eleitoreiras, É bonito ver políticos sérios fazendo da política a arte de bem servir, pois é esse o verdadeiro e justo objetivo da política, será bonito o dia em que todo político administrar o dinheiro público com essa finalidade.
A política de desenvolvimento social que está em prática, no Apodi, na administração da prefeita Goreti Silveira e do Secretário de Assisténcia e Desenvolvimento Social, Laete Oliveira, é o modelo de gestão pública que deve ser exaltado por todos que querem o bem comum, pois o reconhecimento das boas ações estimula a ampliação da mesma pelos seus autores e por outros. Pessoas estão tendo a oportunidade de cursarem cursos de aprendizados, profissionalização e qualificação, são pessoas de baixa renda beneficiárias do programa Bolsa Família, que ganham a oprtunidade de aumentarem suas rendas e melhorar a qualidade de vida suas e de seus familiares.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Apodi receberá ações do Projeto Amigos da Escola


O município de Apodi receberá no próximo dia 11 (quarta-feira) a primeira edição do Projeto Amigos da Escola 2010, com uma programação sociocultural voltada para a comunidade. As ações serão executadas na Escola Estadual Gerson Lopes e no Circo Cultural da Prefeitura do Apodi, que será armado na praça Getúlio Vargas, no centro da cidade.

A iniciativa é da Prefeitura do Apodi, via Secretaria Municipal de Educação e o Governo do Estado, via Secretaria Estadual de Educação e da Cultura (SEEC), escolas e vários outros órgãos e secretarias municipais e estaduais de educação, além dos parceiros que pertencem a instituições filantrópicas, ONGs e empresas privadas.

“O município de Apodi estará com o que for necessário para apoiar as ações do Projeto Amigos da Escola, é um projeto muito importante que merece a nossa atenção, a prefeita Goreti Pinto colocou toda a estrutura administrativa à disposição da coordenação do programa”, comentou Raimunda Freire, secretária de Educação de Apodi.

A programação que dará conta das ações do “Amigos da Escola”, que este ano trabalha a temática “Minha Escola – Minha Comunidade”, será composta de apresentações culturais realizadas por alunos das escolas que participam do evento, caminhada com saída do Núcleo Avançado da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte -Uern, às 7h30, Oficinas de Artesanato, Exposição de Projetos Educativos, Atendimento ao Público com Serviços Básicos de Saúde (exames, consultas, pressão arterial, etc.) e Embelezamento Pessoal (corte de cabelos, escova, unhas). As ações serão desenvolvidas durante todo o dia.

O projeto foi lançado em 1999 pela Rede Globo de Televisão, como parte das comemorações dos 500 anos do descobrimento do Brasil, em parceria com a Comunidade Solidária, órgão presidido pela então primeira-dama do país, a professora doutora Ruth Cardoso, com apoio da Secretaria de Turismo da Bahia, Petrobras, Telemar e Banco Itaú, entre outras organizações. Destacou-se pela magnitude da campanha televisiva, incluindo também outros veículos de comunicação, vinculados a essa emissora, como o Portal Globo, jornais e revistas.

O “Amigos da Escola” é um projeto amplo que atua há 11 anos e tem como objetivo promover o fortalecimento e a interação entre a escola e a comunidade, por meio do incentivo ao trabalho voluntário. O intuito é desenvolver ações que sejam eficazes e despertem a importância da parceria entre os segmentos sociais e a escola, para a prática do processo de construção da cidadania.

O “Amigos da Escola” é um projeto criado pela TV Globo e emissoras filiadas, como a InterTV Cabugi, com o objetivo de contribuir para o fortalecimento da educação e da escola pública de educação básica.

O projeto incentiva o envolvimento de todos (profissionais da educação, alunos, familiares e comunidade) nesse esforço e a participação de voluntários e entidades no desenvolvimento de ações educacionais – complementares, e nunca em substituição às atividades curriculares/educação formal – e de cidadania, em benefício dos alunos, da própria escola, de seus profissionais e da comunidade.

Ascom - Apodi

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Prefeitura do Apodi e Conab distribuem alimentos para famílias carentes





Um trabalho da Prefeitura do Apodi via Comissão Municipal de Defesa Civil e a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB/RN), vem garantindo a distribuição de alimentos para centenas de famílias do município atingidas pela seca verde.

O municipio de Apodi conta com uma população de mais de 37 mil habitantes, sendo que 46%, conforme registro do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), residem e trabalham na zona urbana. São aproximadamente dezoito mil habitantes que moram no perímetro rural apodiense e vivem na expectativa de conseguirem emprego, mas a característica do município é essencialmente agrícola e como ficou comprovado uma seca verde na região que causou impacto na produção de grãos, gerando uma carência em alimentos para os moradores da zona urbana e rural.

A Comissão Municipal de Defesa Civil fez um levantamento em parceria com os Conselhos de Bairros, Associações e Igrejas, que receberam as doações de acordo com o cadastro de cada Entidade.

No Bairro Malvinas: 140 famílias; Bairro Bacurau I: 66 famílias; Bairro São José: 170 famílias; Garilandia: 30 famílias; Bairro Bico Torto: 40 famílias; Pastoral do Idoso: 50 famílias; Pastoral da Criança: 50 famílias; Igreja de Cristo 100 famílias; Assembléia de Deus: 100 famílias e Oficina de Arte Vitoriam: 25 famílias. uma média de 7.500 kg de farinha, 1.300 kg de leite em pó e 7.500 kg de feijão.

"Precisamos ter um estoque estratégico para os meses vindouros de Outubro a Dezembro", argumentou Marcilio Reginaldo, Coordenador de Defesa Civil de Apodi.

Segundo ainda Marcilio Reginaldo, o quadro que se desenha em Apodi é complicado para quem trabalha na zona rural, com 54% da polução do município, cinco mil agricultores que dependem da Agricultura de subsistência.

A CONAB fez uma doação de 11 toneladas de Feijão e a Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos fez a distribuição aos Assentamentos e Associações.

As dificuldades já não são maiores na região da Chapada do Apodi, porque o inverno em 2008 e 2009 foi forte, deixando todos os pequenos reservatórios cheios, até mesmo aqueles com pequenas cabeceiras. “Esta água está sendo a salvação dos rebanhos bovinos e principalmente de caprinos”, diz o secretario de Agricultura, Eron Costa, alertando que os reservatórios são pequenos e não suportam mais do que cinco meses de estiagem. Já estariam chegando ao limite.

A prefeita da cidade, professora, Maria Goreti Silveira Pinto (PMDB), diante do quadro, já Decretou Estado de Emergência no município de Apodi, o que deve acontecer também nos demais municípios que ainda não providenciaram o mecanismo legal para receber ajuda dos governos do Estado e Federal.

O decreto permite, por exemplo, que o município seja beneficiado com o Programa Operação-Pipa, distribuição de cestas básicas do Ministério da Integração Nacional e Secretaria Nacional de Defesa Civil.
Ascom - Apodi

Governo cancela Bolsa Família de 13.618 famílias


Reduzir Normal Aumentar Imprimir O governo federal cancelou, neste mês, o benefício do Bolsa Família para 13.618 famílias devido às faltas escolares dos filhos, que ultrapassaram 15% das aulas, por cinco períodos consecutivos, no bimestre abril/maio.

O monitoramento se refere às famílias de crianças que têm entre 6 e 15 anos e chegou a 83% do total de alunos nesta faixa etária. Outros 5.855 benefícios foram cancelados para adolescentes de 16 e 17 anos porque não cumpriram o mínimo de 75% de presença no bimestre.
Postado por Joeliton às 10:16 0 comentários

domingo, 11 de julho de 2010

IDEB destaca Escola Municipal de Apodi como uma das melhores do RN


De acordo com dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação (MEC) esta encravada no território apodiense uma das melhores escolas do Rio Grande do Norte, principalmente do Médio e Alto Oeste Potiguar.

A Escola Municipal 12 de Outubro que funciona no bairro Malvinas, que atualmente atende a 450 estudantes, teve uma das melhores média do Estado na avaliação Ministério da Educação.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2009 aponta uma nota de 4,8 pontos para alunos do infantil ao 5º ano do ensino fundamental da Escola 12 de Outubro. Os dados apontam desempenhos considerados positivos, uma vez que a média internacional do Ideb é de 5,5 pontos.

De acordo com o diretor da unidade de esnino, professor, Gilmar do Carmo Carvalho, essa conquista vem a ser um trabalho em equipe entre professores, coordenadores, alunos e pais.

“Nossa equipe é unida e comprometida com a educação dos nossos alunos, pois é possível oferecer uma boa educação através de um trabalho pedagógico de qualidade feito por professores, coordenadores, alunos e pais”, disse o diretor Gilmar Carvalho.

Na Escola Municipal 12 de Outubro a preocupação não é apenas com o quesito Prova Brasil que coloca a escola em bons níveis no Ideb, mas sim com a freqüência dos alunos, participação nas aulas, buscando a aprendizagem e uma boa merenda escolar, participação da comunidade e a qualificação dos funcionários da unidade.

A direção da escola também tem buscado uma parceria direta com os pais dos alunos como forma de garantir ainda mais a assiduidade dos jovens na escola.

A Escola Municipal Professora Lindaura Silva que tem o professor, Gilvanilson Caetano como diretor, também se saiu bem na avaliação do Ideb, atingindo uma media de 4,4 pontos. Se destacando em todo oeste.

Segundo dados do Ministério da Educação em relação a 2007, houve avanço em 105 municípios do RN, 42 caíram, catorze ficaram com as mesmas notas e o restante não foi avaliado pelo MEC.

Na região Oeste, apenas os municípios de Apodi e Felipe Guerra apareceram com média de (4,5) liderando o ranking na região. As escolas que caíram no Ideb ou que permaneceram no mesmo patamar da pesquisa anterior deverão receber recursos extras do Ministério da Educação para atingir as metas de qualidade no ensino.

Para a prefeita de Apodi, professora, Maria Goreti da Silveira Pinto (PMDB), o resultado é muito importante para mostrar para a população a importância da boa qualidade da educação oferecida pela rede municipal de ensino, formada por bons professores, diretores e excelentes alunos.

“Nossa administração valoriza os professores e temos buscado investir cada vez mais nas escolas, posso dizer com orgulho que as nossas escolas estão de parabéns e sendo reconhecida pelo Ministério da Educação”, comentou a prefeita bastante entusiasmada.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

domingo, 4 de julho de 2010

Prefeitura do Apodi implantará projeto de prevenção contra as drogas


Preocupada com o avanço das drogas que atinge não só o município de Apodi, mas todo o país, a prefeita, Goreti Silveira Pinto (PMDB) vem montando uma estratégia de trabalho para orientar as famílias, crianças e adolescentes sobre o uso indevido do álcool e outras drogas.

A prefeita Goreti Pinto já se reuniu com o professor Anselmo Rodrigues da Costa, presidente do Conselho de Entorpecentes de Mossoró, Raimundo Brandão Lopes, escritor na área de prevenção ao uso e abuso das drogas e autor da cartilha “As fábulas das drogas”, secretários de Assistência e Desenvolvimento Social, Antonio Laete Oliveira, Administração e Recursos Humanos, Antonio de Souza Maia Junior, Gabinete Civil, Klinger Pericles Pinto Diniz, com o objetivo de implantar um projeto no município desenvolvido por meio de palestras e oficinas nas escolas da rede municipal com professores, pais e alunos, mostrando os problemas que as drogas geram nas famílias.

O projeto é de autoria de Raimundo Brandão Lopes, escritor na área de prevenção ao uso e abuso das drogas e autor da cartilha “As fábulas das drogas”.

Em Apodi o projeto devera ser desenvolvido através da Prefeitura Municipal via Secretaria Municipal de Educação, com apoio das secretarias de Saúde e Assistência Social e parceria com Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDCA) e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Articuladores do Selo UNICEF e as Policias Militar e Civil, respectivamente.

A prefeita de Apodi vai implantar o projeto em Apodi. “Estamos preocupados com o uso indevido do álcool e outras drogas e com a busca de alternativas para a diminuição do sofrimento de jovens e famílias atingidas pela dependência química, vamos levar esse projeto as escolas do nosso município”, comentou a prefeita Goreti Pinto.

No dia 12 de julho, acontecera uma nova reunião em Apodi com a prefeita Goreti Silveira Pinto, secretaria Municipal de Educação, professora, Raimunda Freira, secretario de Saúde, Ivanildo Lima, Assistência Social, Laete Oliveira, e parceria como Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDCA) e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Articuladores do Selo UNICEF e as Policias Militar e Civil, respectivamente, professor Anselmo Rodrigues da Costa, presidente do Conselho de Entorpecentes de Mossoró e o escritor, Raimundo Brandão Lopes.

Em Apodi tanto a Policia Civil quanto a Militar vem realizando excelente trabalho de combate ao trafico de drogas, inclusive com a prisão de vários traficantes, mas é necessário que as crianças e adolescentes recebam esclarecimentos sobre os riscos que as drogas levam a vida humana.

terça-feira, 22 de junho de 2010

PROGRAMA BOLSA FAMILIA


O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. O Programa integra a estratégia Fome Zero que tem com objetivo assegurar o direito humano à alimentação adequada, promovendo a segurança alimentar e nutricional e contribuindo para a conquista da cidadania pela população mais vulnerável à fome.

O Bolsa Família atende mais de 12 milhões de famílias em todo território nacional. A depender da renda familiar por pessoa (limitada a R$ 140) do numero e da idade dos filhos, o valor do beneficio recebido pela família pode variar entre R$ 22 a 200. Diversos estudos apontam para a contribuição do Programa na redução das desigualdades sociais e da pobreza. O 4º Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio aponta queda da pobreza extrema de 12% em 2003 para 4,8% em 2008.

O Programa possui três eixos principais: transferência de renda, condicionalidades e programas complementares. A transferência de renda promove o alivio imediato da pobreza. As condicionalidades reforçam o acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social. Já os programas complementares objetivam o desenvolvimento das famílias, de modo que os beneficiários consigam superar a situação de vulnerabilidade.

A gestão do Bolsa Família é descentralizada e compartilhada por União, Estados, Distrito Federal e Municípios. Os três entes federados trabalham em conjunto para aperfeiçoar, ampliar e fiscalizar a execução do Programa, instituído pela Lei 10.836/04 e regulamentado pelo Decreto nº 5.209/04.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Projeto Promovendo Cidadania pela Pratica da Capoeira




O Projeto Promovendo Cidadania pela Pratica da Capoeira está acontecendo no Cras - Soledade.As aulas teve inicio nesta quinta-freira dia 17 de junho, com aula inaugural para as turmas matutino e vespertina, na sede do PETI - Soledade apartir da 9h30min e 15h30min, com professor Alex. Com o projeto de capoeira, queremos tambem promover o fortalecimento dos laços familiares entre alunos, familias e comunidade, gerando assim uma rede de proteção em torno da criança e adolescentes. Os dias de aulas serão seunda-feira, quarta-feira e sexta-feira. O publico alvo são as crianças, adolescentes e jovens que estão na area de abragencia do Cras - Soledade, pertencentes a rede de ensino Municipal, Estadual e dos Programa Sociais do Municipio.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Prefeitura do Apodi ja qualificou mais de 200 jovens




APODI – Dentro do projeto de qualificação profissional da Prefeitura do Apodi dezenas de jovens vêm sendo qualificados através dos cursos realizados pela municipalidade em varias áreas de prestação de serviço, alimentos, segurança, primeiros socorros dentre outros.
Realizado através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social foi iniciado na manhã de terça-feira dia 08, mais dois curso gratuito nas áreas de Corte e Escova e Manicure e Pedicure para 35 pessoas alunos.O lançamento dos cursos aconteceu no e contou com a presença da prefeita de Apodi, professora Goreti da Silveira Pinto (PMDB), acompanhada dos secretários, coordenadores e do gerente regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC, Glauco Coutinho de Carvalho, que destacou a importância dessa parceria com a Prefeitura do Apodi que vem garantindo oportunidade do aprendizado à população apodiense que tem buscado os cursos.“Esse trabalho visa melhorara e tornar o cidadão mais preparada para o mercado de trabalho melhorando a sua renda familiar”, destacou a prefeita de Apodi.Segundo o secretario de Desenvolvimento e Assistência Social, Laete de Oliveira, só em 2010 já foram capacitados mais de 200 profissionais em diversas áreas desde alimentos, artesanato em palha, biscuit, segurança em trabalho, 1º socorros, eletricista predial e industrial.De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Apodi, para os próximos meses já estão disponibilizado os cursos de pedreiro e encanador com 40 vagas, pintura em tecido e bordado rústico 15 vagas.“As pessoas que procura a secretaria e fazem essas capacitações são participantes do programa Bolsa Família por tanto pessoas de baixa renda que estão conquistando oportunidades e melhorando suas vidas e após concluir o curso tem mais chance de trabalhar no mercado hoje já tão concorrido e melhorar substancialmente a renda familiar. A prefeita sempre nos deu total apoio para buscar essas parcerias e junto ao SENAR, SENAI, SENAC e SEBRAE para poder criar novas oportunidades de trabalho”, disse Laete Oliveira.Os cursos de corte, escova, manicure e pedicure serão ministrados pela professora Márcia Lopes do SENAC com duração de 40 dias para o Curso corte e escova e 60 dias para manicure e pedicure.


Ascom - Apodi

terça-feira, 18 de maio de 2010

18 de Maio – O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes



18 de Maio – O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi criado pela Lei n.º 9.970, de 17 de maio de 2000, em razão do crime que comoveu o Brasil, ocorrido na cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, em 1973. Naquele ano, a menina Araceli Cabrera Crespo, de oito anos, foi espancada, violentada e assassinada. Até hoje, os culpados pelo crime não foram punidos.

Denucie pelos Telefones

Conselho Tutelar de Apodi
84-3333-2001
Disque Denuncia
100
Policia Militar
190

Sethas promove capacitação de entrevistadores para cadastro de beneficiados no Bolsa Família

A Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social – Sethas – através da Coordenação Estadual do Programa Bolsa Família – Cadastro Único – realizará entre os dias 11 e 14 de maio a capacitação de 250 entrevistadores municipais no processo de manuseio e aplicabilidade de Novos Formulários para Programas Sociais. O evento acontecerá das 8h às 17h, no Praia Mar Hotel, em Ponta Negra.

Os participantes, credenciados a exercerem a função de entrevistadores municipais, vão realizar a coleta de dados e informações junto às famílias atendidas pelos serviços socioassistenciais do Sistema Único de Assistência Social – SUAS. A capacitação terá carga horária de 32 horas/aula e o conteúdo a ser ministrado contará com 14 instrutores multiplicadores e dois supervisores capacitados pela Escola Nacional de Administração Pública do Distrito Federal em parceria com a Secretaria Nacional de Renda e Cidadania do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome – SENARC/MDS.

Ainda este ano, o MDS deve disponibilizar em todo o Brasil os Novos Formulários do Cadastro Único, instrumento de coleta de dados e informações junto às famílias beneficiárias dos Programas Sociais do Governo Federal. O objetivo é fortalecer, articular e subsidiar as Políticas de Assistência Social, de Transferência de Renda e Segurança Alimentar e Nutricional, consolidando uma rede de proteção e promoção social, que visa garantir os direitos de cidadania para toda a população brasileira, principalmente àquela mais vulnerável.

sábado, 15 de maio de 2010

Prefeita assina Ordem de Serviço para construção de Creche Escola para Apodi




A prefeita de Apodi, professora, Goreti Silveira Pinto (PMDB) assinou na tarde desta quinta-feira em seu gabinete no Palácio Francisco Pinto, a Ordem de Serviço para construção de uma Escola Creche no valor de R$ 1.267.215,02, recursos garantidos através de um convênio entre a Prefeitura do Apodi com Governo Federal via Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem Redes Escolar Pública de Educação Infantil – PROINFÂNCIA.
O convenio foi viabilizado pela prefeita Goreti Pinto com o apoio do senador Garibaldi Alves e do deputado federal, Henrique Eduardo Alves junto ao governo do presidente Lula em 2009.
A creche terá uma área de 1.211.92 m² e será construída no bairro Cruz de Almas, quando estiver em funcionamento a Escola Creche atendera a cerca de 300 crianças de 0 a 05 anos nos turnos matutino e vespertino. A estrutura física será composta por um bloco administrativo, bloco de serviços, recreativo e pedagógico.
A assinatura da ordem de serviço foi acompanhada pelo chefe de gabinete civil, Klinger Péricles Pinto Diniz, secretários e assessores da Prefeitura do Apodi e transmitida pela Radio Vale do Apodi para todo o município.
Segundo a prefeita, Goreti Silveira Pinto, a Creche Escola de Apodi será modelo na região do Médio Oeste. “È uma unidade ampla para atender a dezenas de crianças diariamente com varias atividades”, comentou a prefeita Goreti Silveira.
A estimativa é de que a creche atenda diretamente a cerca de 300 crianças diariamente. “O Proinfância é um programa do Ministério da Educação e tem por objetivo prestar assistência financeira, em caráter suplementar, aos municípios que efetuaram o Termo de Adesão ao Plano de Metas e elaboraram o Plano de Ações Articuladas (PAR), caso da Prefeitura de Cantagalo”, comentou a prefeita Goreti Pinto que constantemente tem viajado a Brasília em busca de recursos.
Ascom - Apodi

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA


Como é do conhecimento de todos, o Programa Bolsa Família é um programa gerido com recursos federais, tanto o recurso do IGD (que dá apoio a gestão) quanto o recurso que as famílias recebem mensalmente. Quem fiscaliza o gerenciamento do recurso do IGD e das irregularidades no programa são os órgãos federais, juntamente com as ICS.

O gerenciamento do programa vem avançando na perspectiva de implantar uma política de assistência social de direito. Hoje ela é uma política de Estado e não de governo. Nada mais natural, também avançar a fiscalização nas irregularidades constatadas nos cadastros. Hoje os órgãos federais fazem cruzamento de bando de dados, como o RENAVAN, SISOB, TRE, etc., com o banco de dados do Cadastro Único e detecta irregularidades nos cadastros das famílias apontando informações inverídicas.

terça-feira, 30 de março de 2010

Pagamento do Bolsa Família ocorre até quarta-feira


Os recursos transferidos a cerca de 49,9 milhões de beneficiários superam R$ 1,1 bilhão e metade deste valor é destinada aos moradores da região Nordeste. Pesquisas apontam que a população atendida pelo programa do Governo Federal, em todos os Municípios, aplica os valores recebidos, especialmente, na aquisição de alimentos, material escolar e remédios

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) conclui, na próxima quarta-feira (31/3), o pagamento de março do Programa Bolsa Família. Os recursos transferidos a cerca de 49,9 milhões de beneficiários superam R$ 1,1 bilhão e metade deste valor é destinada aos moradores da região Nordeste. Pesquisas apontam que a população atendida pelo programa do Governo Federal, em todos os Municípios, aplica os valores recebidos, especialmente, na aquisição de alimentos, material escolar e remédios. Além de assegurar alimentação à parcela mais pobre da população, o montante transferido diretamente a essas famílias movimenta a economia local das cidades mais longínquas. O beneficiário saca os valores - que variam entre R$ 22,00 e R$ 200,00 - nos postos de atendimento da Caixa Econômica Federal com cartão e senha pessoal. O Ministério orienta que os responsáveis pelo recebimento do benefício não entreguem o cartão nem forneçam a senha a ninguém. O cuidado com o cartão do Bolsa Família deve ser igual aos cartões de crédito ou débito, ou seja, se ele não estiver sendo usado, deve ser destruído.


Qualquer pessoa que peça o cartão do beneficiário deve ser denunciada. Para evitar a interrupção do pagamento os beneficiários devem garantir a freqüência a pelo menos 85% das aulas, no caso de alunos entre seis e 15 anos, e de 75% para adolescentes de 16 e 17 anos; manutenção da agenda de saúde em dia; e atualização cadastral permanente. Tanto os gestores do Bolsa Família nos Municípios quanto os beneficiários devem ficar atentos a esses três itens para evitar perdas do benefício. Toda família com renda mensal, por integrante, de até R$ 140,00 tem direito ao Bolsa Família. Quem ainda não recebe o benefício e se enquadra no critério deve procurar a Prefeitura, com todos os documentos da família em mãos, e solicitar inscrição no Cadastro Único. A relação de beneficiários fica disponível para consulta no endereço eletrônico do Ministério: www.mds.gov.br/bolsafamilia.